quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

O SEGUNDO DIA FOI MELHOR AINDA!

"GINCANA É EDUCAÇÃO - No campo da escola formal ou em ações voltadas para a formação e o desenvolvimento humano, tarefas inteligentes, com conteúdo crítico e bem elaboradas, fazem a diferença... GINCANA É CULTURA - Arte, música, questões históricas, cidadania, questões ambientais, esporte, atualidade, curiosidades, conteúdos específicos escolares: tudo o que compõe e enriquece o conhecimento humano pode ser matéria prima de uma boa gincana." O Ney Mourão marcou o início dos trabalhos para 08h no Auditório Cristina Bastos e muito antes deste horário lá estava ele, com olhos que observa e lê expressões, atitudes, olhares, humor... nada acontece no seu campo de visão sem uma avaliação e uma reflexão. A gincana começou ás 08h10min com cumprimento das tarefas distribuídas no dia anterior e distribuição de outras que começariam às 13h. Logo em seguida os seminaristas foram para as oficinas. Estamos aguardando o relatório dos oficineiros para postar aqui.

Às 13h, como fora combinado lá estava Ney e Carlos para cumprirem mais uma etapa deste importante trabalho, finalizar a gincana e o Seminário Evolução III. Foi emocionante. Cada grupo com o seu "Grito de Paz", enfeitados e cumprindo uma a uma as tarefas que o Ney determinava. Para cada uma delas cabia uma intervenção e uma reflexão pedagógica que o ele fazia com maestria. Aprendemos muito... aprendemos o tempo todo... aprendemos com alegria... aprendemos o que precisávamos para mudar a nossa prática, muitas vezes ativista, para uma pedagogia mais reflexiva, focada no aluno e, em resultados mais efetivos no processo educativo... aprendemos uns com os outros TODOS FORAM IMPORTANTES... aprendemos que EDUCAÇÃO tem que ter "gostinho de quero mais."

Um comentário:

Carlos Portilho disse...

OI! É muito bom lembrar que aprender pode ser divertido. Trocar experiências, compartilhar alegrias e principalmente conhecer novas pessoas e é isso que nos motiva. Já estou com saudades dos momentos que passamos aí. Obrigado pela oportunidade. Carlos Portilho